Resultados da busca para 'blog/reflexao-blog'


O historiador deve lutar pela igualdade!

Vivemos em um país que muito sangue precisou correr para que alguns direitos fossem alcançados e ainda sim, longe de atingirem sua “maturidade” de compreensão, negros ainda perseguidos, mulheres submetidas, e cidadãos das comunidades LGBTQIA+ tendo que se esconder da violência que volta a crescer no país.

A destruição do patrimônio público não apaga possíveis injustiças históricas

Volto a dizer: a nós só cabe lembrar a história e lutar para que as injustiças não aconteçam mais

Calados não vamos ficar!

Calados não vamos ficar! É papel do Curso de História, dos historiadores e professores trabalharem para que possamos vencer os grilhões da ignorância e do preconceito.

O desenvolvimento acima da dignidade e da vida

O povo deve ser respeitado como o único e verdadeiro soberano da nação. Precisamos combater duramente todos aqueles que provocam danos a nossa nação, para que a população não tenha nada o que temer.

Liberdade para quem?

Nos falta admitir que somos um país racista, falso moralista e que segrega cada vez mais seu povo.

A falta de liberdade pelas amarras da sociedade

Em uma sociedade que, de modo geral, acaba valorizando as pessoas pelo que elas possuem, e não mais pelo que são, torna-se difícil realizar uma mudança no modo de agir, que nos levaria à experiência de liberdade, acompanhada de felicidade.